Tamanho do texto

Brasília, 22 - O governo publicou hoje no Diário Oficial da União decreto que regulamenta a Medida Provisória 425, que alterou a cobrança do PIS/PASEP e da Cofins na produção e na distribuição do álcool. As alíquotas ficam reduzidas, respectivamente, para R$ 8,57 e R$ 39,43 o metro cúbico de álcool, no caso de venda realizada por produtor e importador e R$ 21,43 e R$ 98,57, por metro cúbico de álcool, no caso de venda realizada por distribuidor.

No caso de aquisição de álcool anidro para adição à gasolina, os valores das contribuições passam, respectivamente, para R$ 3,21 e R$ 14,79, por metro cúbico de álcool, no caso de venda realizada por produtor ou importador, e R$ 16,07 e R$ 73,93, por metro cúbico de álcool, no caso de venda realizada por distribuidor. O decreto entra em vigor em 1º de outubro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.