Tamanho do texto

A Rússia respeitará as suas obrigações de fornecimento de gás para a Europa, declarou nesta terça-feira à noite o presidente russo Dmitri Medvedev, em uma entrevista à rede de TV Euronews.

"Vamos respeitar nossas obrigações como principal fornecedor de hidrocarbonetos da Europa", disse Medvedev.

Também assegurou que os consumidores europeus não têm que se preparar com "um 'inverno frio'" (a possibilidade de ficarem sem o gás russo), porque é uma opção que "não interessa a ninguém".

O primeiro-ministro russo Vladimir Putin já havia declarado no domingo passado que a Rússia não tinha a intenção de limitar suas exportações de petróleo e de gás para a Europa.

"Não temos a intenção de limitar nada. Vamos respeitar estritamente nossas obrigações contratuais, mas também vamos ampliar e diversificar nossas possibilidades de exportação desse produto se for necessário para a economia mundial", havia dito à TV Rossia.

A Rússia fornece quase um quarto do gás consumido pela União Européia e uma parte de seu petróleo.

mp/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.