Tamanho do texto

Segundo ministro russo, país chegou a acordo com os EUA e vai avançar agora nas negociações com os demais membros

selo

O ministro das Finanças da Rússia, Alexei Kudrin, disse hoje que seu país e os EUA superaram todas as suas diferenças em relação à entrada de Moscou para a Organização Mundial de Comércio e que o governo russo avançará agora nas discussões multilaterais com os demais membros da OMC. O presidente dos EUA, Barack Obama, por sua vez, prometeu apoiar os esforços da Rússia para se filiar à OMC, após citar "substanciais progressos" na solução de questões comerciais entre os dois países.

Em telefonema ao presidente Dmitry Medvedev, Obama disse que apoiará a iniciativa da Rússia para concluir as negociações multilaterais e entrar para a OMC o quanto antes, segundo comunicado da Casa Branca. O representante para o comércio externo dos EUA, Ron Kirk, afirmou que questões-chave foram solucionadas com a Rússia, mas que ainda é necessário trabalhar em áreas como aplicação de direitos de propriedade intelectual e maior acesso para exportações de produtos agrícolas dos EUA.

A Rússia busca se filiar à OMC desde o colapso da União Soviética e deverá agora manter discussões multilaterais com os membros da organização com sede em Genebra com o objetivo de entrar em 2011. As negociações entre a Rússia e os EUA emperraram no passado em questões envolvendo o comércio e subsídios agrícolas e outros temas politicamente sensíveis. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.