Tamanho do texto

Foto de comércio de cachorros que circula na internet é de apreensão na Tailândia

Desde a quarta-feira circula pelas redes sociais uma nota dando conta que moradores de Santos (SP) estariam vendendo cachorros a marinheiros coreanos que atracam no porto da cidade. Ilustrada por uma foto que mostra um caminhão repleto de cães engaiolados, o post diz que há um comércio organizado e intenso de cães e informa que as informações foram originalmente publicadas pelo Portal iG.

Post no Facebook com foto da apreensão de cachorros na Tailândia
iG Arte
Post no Facebook com foto da apreensão de cachorros na Tailândia

Em janeiro deste ano o iG esteve no Porto de Santos para contar a história das seis mil famílias que vivem na comunidade Sítio Conceiçãozinha, favela encravada no maior terminal marítimo da América Latina. Viver tão perto de navios que cruzam o mundo transportando cargas causa situações inusitadas entre moradores e marinheiros, como o estabelecimento de um comércio intenso.

Leia a reportagem original: Um navio estacionado na porta de casa

Uma das entrevistadas da matéria conta que, na comunidade, há uma suspeita de que um único cão vendido a marinheiros coreanos tenha servido como alimento no navio. No entanto, a reportagem do iG não testemunhou comércio organizado de cães no Porto de Santos por ambulantes.

A foto que circula pelas redes sociais é de uma apreensão de cães que seriam vendidos a restaurantes vietnamitas, na Tailândia. A reportagem do iG mostra moradores da comunidade defendendo ou se posicionando contra a remoção da favela da região do porto, conforme pode ser verificado clicando-se aqui.

Por favor, deixe seus comentários abaixo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.