Tamanho do texto

A renda pessoal e os gastos dos consumidores norte-americanos cresceram mais que o esperado em agosto, segundo informou hoje o Departamento do Comércio dos Estados Unidos

selo

A renda pessoal e os gastos dos consumidores norte-americanos cresceram mais que o esperado em agosto, segundo informou hoje o Departamento do Comércio dos Estados Unidos. A renda subiu 0,5%, depois do avanço de 0,2% em julho, enquanto os gastos aumentaram 0,4%, a mesma alta verificada no mês anterior.

Os números vieram levemente melhores que as estimativas dos economistas, que esperavam alta de 0,3% tanto na renda quanto nos gastos dos consumidores. Nos EUA, os gastos dos consumidores representam quase 70% do Produto Interno Bruto (PIB). De acordo com o Departamento do Comércio, a taxa de poupança nacional aumentou para 5,8% em agosto, de 5,7% em julho, com os norte-americanos poupando parte da renda extra.

Preços

O índice de preços para gastos com consumo pessoal (PCE) nos Estados Unidos avançou 0,2% em agosto em relação a julho, segundo informou hoje o governo. Já o núcleo do índice, que exclui variações de preços de alimentos e energia, subiu 0,1% no período, conforme a previsão dos economistas.

Na comparação com agosto do ano passado, o núcleo do PCE avançou 1,4%, abaixo da meta informal do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) de alta de 1,5% a 2%. Já o índice cheio subiu 1,5% em agosto na comparação com agosto do ano passado. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.