Tamanho do texto

A Renault vai produzir na fábrica de São José dos Pinhais (PR), a partir de 2011, o utilitário-esportivo de pequeno porte Duster, desenvolvido especialmente para mercados emergentes. O primeiro país a fabricar o modelo, no próximo ano, será a Romênia, na fábrica da Dacia, subsidiária da montadora francesa no leste europeu.

O anúncio foi feito ontem em comunicado distribuído pela matriz da Renault na França. Procurados, representantes da filial brasileira não confirmaram a informação. O Duster será feito na mesma linha de montagem do Logan e do Sandero, os dois últimos lançamentos locais da marca.

O Duster vai concorrer diretamente com o EcoSport, lançado pela Ford em 2003. O modelo desenhado por técnicos e engenheiros brasileiros inaugurou o segmento de utilitários-esportivos de pequeno porte no País. Classificado pela indústria automobilística como SUV (sigla em inglês para veículos utilitários-esportivos), esse segmento é um dos que mais cresce no País e também é o que apresenta maior oferta de modelos disponíveis. Além do EcoSport, só o Mitsubishi Pajero é feito no Brasil. Os demais são importados.

Na tabela divulgada pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) há 50 modelos classificados como SUVs, quase todos de grande e médio porte. De janeiro a novembro deste ano foram vendidos 150,4 mil utilitários, um aumento de 95% em relação a 2006, primeiro ano em que a entidade passou a divulgar números separados para o segmento. O EcoSport lidera a lista. Neste ano, até novembro, vendeu 40,3 mil unidades. O segundo é o Hyundai Tucson, com 25,6 mil unidades. O modelo hoje é importado da Coreia do Sul, mas, com o fim da produção naquele país, passará a ser feito na fábrica do grupo Hyundai/Caoa em Anápolis (GO) a partir do ano que vem. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.