Tamanho do texto

Nos nove primeiros meses do ano, faturamento do setor subiu 11,6% ante 2009, segundo a Abimaq

selo

O faturamento real da indústria de máquinas e equipamentos caiu 0,30% em setembro em relação a agosto, para R$ 6,28 bilhões, segundo dados divulgados hoje pela Associação Brasileira de Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). Na comparação com o mesmo mês do ano passado, houve crescimento de 1,8%. No acumulando de janeiro a setembro deste ano, o faturamento real foi de R$ 53,158 bilhões, aumento de 11,6% sobre os primeiros nove meses de 2009. O faturamento bruto, considerando a inflação, registrou no mês passado aumento de 0,5%.

 As exportações encerraram setembro com queda de 1,1% ante agosto, mas registraram expansão de 27,4% sobre igual mês de 2009. De janeiro a setembro, as exportações atingiram US$ 6,482 bilhões, um crescimento de 15,4% sobre o mesmo período do ano passado. As importações de máquinas e equipamentos cresceram em setembro 1,5% ante agosto, para US$ 2,667 bilhões, e no confronto com setembro de 2009 a expansão de 64,2%. De janeiro a setembro, as importações somaram US$ 18,205 bilhões, correspondente a um aumento de 32% sobre mesmo período do ano anterior.

Balança comercial

 A indústria de máquinas e equipamentos prevê para este ano um déficit na sua balança comercial da ordem de US$ 15,631 bilhões. Este valor contempla a expectativa de exportação de US$ 8,643 bilhões e importações de US$ 24,274 bilhões. Ainda de acordo com a entidade, de 2004 a 2010, já considerando a expectativa de déficit para este ano, o saldo negativo da balança da indústria de máquinas e equipamentos deve ser de US$ 45,1 bilhões.

 De acordo com a Abimaq, o nível de utilização da capacidade instalada (Nuci) do setor atingiu em setembro 84,7%, ante 83,8% em agosto e 82,3% em setembro do ano passado. O número de pessoal empregado cresceu em setembro 0,3% ante agosto, para 248.790 pessoas. Sobre setembro de 2009, quando a indústria de máquinas e equipamentos empregava 233 mil pessoas, houve um crescimento de 6,8%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.