Tamanho do texto

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, foi recebido hoje à noite na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), em evento que contou com apresentação da Orquestra Bachiana Jovem Sesi-SP. Para uma plateia repleta de empresários, o ministro ressaltou que o Brasil saiu mais forte da crise do que quando entrou e reafirmou que o País já está retomando uma rota consistente de expansão, com inflação sobre controle e previsão de crescimento de 5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2010.

"Fico até um pouco receoso com tanto otimismo em relação ao Brasil", afirmou. "Tem gente que acredita que o PIB vai subir mais que este patamar (de 5%). Mas eu prefiro ser um pouco mais realista".
Depois da apresentação, que durou cerca de uma hora e foi encerrada com a execução do Hino Nacional pela orquestra com o maestro João Carlos Martins ao piano, Mantega deveria participar de jantar oferecido aos convidados pelo presidente da Fiesp, Paulo Skaf, no prédio da entidade na Avenida Paulista.
Antes do início da apresentação, Skaf fez elogios ao ministro Mantega por ser "um desenvolvimentista aliado do setor produtivo e que sempre foi contra os juros altos".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.