Tamanho do texto

Segundo a CGT, manifestação reuniu 170 mil pessoas hoje, menos da metade dos que saíram às ruas na quarta-feira

Um total de 170.000 pessoas participaram nesta quinta-feira na manifestação de Paris contra a reforma da aposentadoria, segundo a CGT, maior central sindical da França, menos da metade das 330.000 pessoas que saíram às ruas no protesto anterior.

Manifestante segura máscara do presidente Sarkozy durante protesto em Paris nesta quinta-feira
AP Photo
Manifestante segura máscara do presidente Sarkozy durante protesto em Paris nesta quinta-feira
A polícia calculou a presença de apenas 31.000 manifestantes em Paris, menos da metade dos 67.000 anunciados pelas forças de segurança no protesto de 19 de outubro.

No restante do país, o número de manifestantes também era bem menor do que o registrado nos protestos de 12 e 19 de outubro.

Esta quinta-feira é o sétimo dia de protestos e greves desde o início de setembro contra a reforma que aumentará a idade mínima da aposentadoria de 60 a 62 anos, e que na quarta-feira foi adotada em definitivo pelo Parlamento.

Em 19 de outubro, os sindicatos reivindicaram a participação de 3,5 milhões de pessoas nos protestos de todo o país, três vezes mais que a polícia calculou, 1,1 milhão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.