Tamanho do texto

SÃO PAULO - As bolsas da Ásia terminaram a sexta-feira com ganhos, influenciadas pelo crescimento da produção industrial do Japão. Segundo levantamento divulgado hoje pelo ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão, a produção industrial do país subiu 2,5% em janeiro, perante o mês anterior, e superou a média das estimativas de alguns economistas, de aumento de 1%. Trata-se do sétimo avanço mensal consecutivo.

Já no comparativo com o primeiro mês de 2009, houve alta de 18,2%.

Em Tóquio, o índice Nikkei 225 teve um ganho de 0,24%, aos 10.126 pontos. Já o Hang Seng, de Hong Kong, avançou 1,03%, aos 20.608 pontos, e o Kospi, de Seul, subiu 0,45% para 1.594 pontos.

A exceção foi o Shanghai Composite, de Xangai, que registrou queda de 0,28%, ficando em 3.051 pontos.

A Toyota registrou ganho de 1,8%, um dia depois de seu presidente testemunhar perante o Congresso americano. Parte dos agentes acredita que as ações da montadora, que declinaram consideravelmente em meio à crise dos " recalls " , agora se encontram subvalorizadas. Por outro lado, Nissan caiu 0,4% após recall no Japão.

Em Hong Kong, o destaque de alta foi a China Unicom, do setor de telecomunicações, que avançou 7,6%, após uma corretora alterar sua recomendação para os papéis da companhia.

(Karin Sato | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.