Tamanho do texto

SÃO PAULO - A produção industrial da Espanha diminuiu 6,5% em 2008 no comparativo com um exercício atrás. Descontando o efeito do calendário, o recuo foi de 6,8%, o maior desde 1993.

Apenas em dezembro do ano passado, houve redução de 15,4% na atividade fabril perante igual período de 2007. Sem o efeito do calendário, a queda foi maior, de 19,6%.

Segundo levantamento do Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol, em dezembro de 2008 em relação a intervalo correspondente do ano anterior, a produção de bens de consumo caiu 5,4% e a de bens intermediários recuou 29,1%. Bens de capital tiveram baixa de 17,4%. Energia diminuiu 2%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.