Tamanho do texto

SÃO PAULO (Reuters) - A produção de celulose no Brasil totalizou 1,194 milhão de toneladas em março de 2010, o que significa alta de 17,5 por cento em relação ao mesmo período do ano passado e de 8,8 por cento ante fevereiro, divulgou nesta sexta-feira a Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa).

No acumulado do primeiro trimestre do ano, a produção cresceu 13,1 por cento também na comparação anual, para 3,505 milhões de toneladas.

SÃO PAULO (Reuters) - A produção de celulose no Brasil totalizou 1,194 milhão de toneladas em março de 2010, o que significa alta de 17,5 por cento em relação ao mesmo período do ano passado e de 8,8 por cento ante fevereiro, divulgou nesta sexta-feira a Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa).

No acumulado do primeiro trimestre do ano, a produção cresceu 13,1 por cento também na comparação anual, para 3,505 milhões de toneladas.

"Os resultados até agora mostram uma curva crescente de produção e vendas, reflexo da recuperação econômica de mercados estratégicos para o setor", disse a Bracelpa, em comunicado.

Do total produzido no terceiro mês desde ano, 1,034 milhão de toneladas correspondeu a celulose de fibra curta, no Brasil produzidas a partir do eucalipto. O número representa alta de 20,9 por cento ante março de 2009 e de 9,9 ante o mês imediatamente anterior. No ano, o montante é de 3,015 milhões de toneladas, alta de 14,9 por cento.

Já a produção de celulose de fibra longa ficou praticamente estável, subindo 0,8 por cento tanto em relação a março do ano passado quando em comparação a fevereiro, para 125 mil toneladas, No primeiro trimestre, o avanço foi de 7,2 por cento, para 388 mil toneladas.

As exportações de celulose --todas de fibra curta-- foram de 885 mil toneladas no último mês, disparando 65,7 por cento ante março de 2009 e 35,5 por cento ante fevereiro. No ano, a alta foi de 19,1 por cento, para 2,157 milhões de toneladas.

As vendas domésticas, diz a Bracelpa, foram de 131 mil toneladas em março, alta de 26 por cento e 7,4 por cento ante março do ano passado e fevereiro deste ano, respectivamente, e de 382 mil toneladas no acumulado do ano, alta de 31,7 por cento.

PRODUÇÃO DE PAPEL TAMBÉM CRESCE

De acordo com a Bracelpa, a produção de papel no Brasil subiu em março 9 por cento em relação ao mesmo mês do ano passado e 11,3 por cento ante fevereiro, para 845 mil toneladas. No ano, a alta é de 8,9 por cento, para 2,430 milhões de toneladas.

Grande parte do papel produzido no mês passado, 417 mil toneladas, correspondeu a papel para embalagens, alta de 10 por cento na comparação anual e de 11,5 por cento na mensal. No primeiro trimestre, o crescimento foi de 6,6 por cento, para 1,203 milhão de toneladas.

Já os papéis de imprimir e escrever tiveram produção de 228 mil toneladas, alta de 4,6 por cento e 10,7 por cento ante março de 2009 e fevereiro, respectivamente. No acumulado de 2010 a alta é de 9,1 por cento, chegando a 662 mil toneladas.

(Por Carolina Marcondes; Edição de Aluísio Alves)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.