Tamanho do texto

Porto Alegre, 18 - Em nova estimativa de safra, a Emater reduziu a previsão de colheita de arroz no Rio Grande do Sul, principal produtor nacional, e elevou as de milho e soja no ciclo 2009/2010. O arroz reflete o impacto negativo das constantes chuvas no período de plantio, o que deve diminuir em 4,96% a produção do Estado em comparação à pesquisa anterior da entidade, de dezembro, para 7,117 milhões de toneladas.

O rendimento do grão caiu na mesma proporção desde o levantamento anterior, para 6.419 toneladas/hectare. Em comparação à safra passada, a produtividade é 10,27% menor. A colheita do arroz está em andamento e atinge 25% da área semeada.

Apesar do efeito negativo do clima sobre o arroz, o Estado poderá ter safra recorde, dependendo das condições até o final da colheita de soja, que está em fase inicial (6% da área). Com base nas condições da primeira quinzena de março, a Emater estimou produção de 9,337 milhões de toneladas de soja, 11,2% acima da previsão de dezembro.

A produtividade subiu 10,35% na mesma comparação, para 2.348 kg/ha. A Emater observou, no entanto, que a falta de chuvas nos últimos 15 dias em algumas regiões produtoras está freando previsões mais otimistas. A soja ainda tem 70% da área em fase de enchimento de grãos.

Considerando as principais culturas do Estado (soja, arroz, milho, trigo e feijão), a Emater projetou a safra 2009/10 em 23,61 milhões de toneladas. Se confirmada, será a maior até agora. A marca anterior era da safra 2006/07, com 23,192 milhões de toneladas.

Milho

Mais adiantada, a colheita de milho chega a 44% da área semeada e a lavoura ainda tem 21% em fase de enchimento de grãos. O rendimento tem ficado acima do esperado na pesquisa anterior. A Emater revisou a previsão em 12,1% em comparação à pesquisa de dezembro, para 4.483 kg/ha.

O aumento de produtividade compensa a redução de área e a colheita deve render 5,215 milhões de toneladas. Se for confirmada, o Estado poderá produzir 22,7% a mais que na safra passada, apesar da queda de 16% na área cultivada, na mesma comparação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.