Tamanho do texto

SÃO PAULO - Os agentes nos mercados de petróleo seguem o movimento do dólar em relação a outras moedas e também acompanham o desempenho econômico mundial e os reflexos na demanda por produtos energéticos. Nesta jornada, o governo americano mostrou que o Produto Interno Bruto (PIB) nos Estados Unidos cresceu a uma taxa anualizada de 5,9% no quarto trimestre de 2009, mais do que o previsto inicialmente. No Reino Unido, o departamento de estatísticas ONS apontou que a economia da região teve expansão melhor do que estimado inicialmente entre outubro e dezembro do ano passado. Há pouco, em Londres, o Brent para abril subia US$ 1,03, a US$ 77,32. O vencimento de maio estava a US$ 77,69, com elevação de US$ 1,01.

Em Nova York, o WTI para abril se encontrava a US$ 79,40, com expansão de US$ 1,23. O contrato de maio tinha alta de US$ 1,20, para US$ 79,73.

(Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.