Tamanho do texto

SÃO PAULO - Os agentes nos mercados de petróleo estão à espera do relatório de energia dos Estados Unidos, que será divulgado amanhã pelo Departamento de Energia do país. Além disso, permanecem as preocupações com a demanda e com a situação econômica internacional. Merece atenção o impacto do clima frio nos Estados Unidos na procura de produtos energéticos.

Ao mesmo tempo, os investidores ponderam o efeito dos cortes da oferta de petróleo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

Em Londres, o Brent para março tinha queda de US$ 2,65, a US$ 44,31. O contrato de abril estava a US$ 46,49, com declínio de US$ 2,34.

Em Nova York, o WTI para março era transacionado a US$ 43,43 e o vencimento para abril se situava a US$ 46,38, com recuo respectivo de US$ 2,30 e US$ 2,11.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.