Tamanho do texto

Os preços das importações norte-americanas registraram a maior queda mensal desde julho de 2009, refletindo retração nos preços dos combustíveis. O Departamento do Trabalho informou hoje que os preços das importações caíram 0,3% em fevereiro ante janeiro, após aumento de 1,3% em janeiro em relação a dezembro.

Economistas esperavam queda de 0,2% em fevereiro. O dado de janeiro foi revisado em baixa, de uma alta de 1,4% informada anteriormente. Já os preços das importações de combustíveis caíram 1,9% em fevereiro ante janeiro, seguindo-se a uma alta de 4,9% em janeiro.

A retração de 2,2% nos preços das importações de petróleo foi zerada pelo aumento de 2,6% no preço do gás natural importado. Excluindo o petróleo, os preços das importações subiram 0,2% em fevereiro ante janeiro. Excluindo todos os combustíveis, os preços das importações avançaram 0,2% no mês passado.

O Departamento do Trabalho informou ainda que os preços das importações subiram 11,2% em fevereiro na comparação com o mesmo mês de 2009, desacelerando em relação à alta de 11,5% registrada em base anual em janeiro. Os preços dos alimentos importados caíram 0,1% em fevereiro, a primeira queda desde julho de 2009. Já o preço das exportações caíram 0,5% em base mensal em fevereiro, seguindo-se a uma alta de 0,7% em janeiro. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.