Tamanho do texto

O governo de Portugal, sob a pressão dos mercados financeiros e da União Europeia, informou hoje que planeja reduzir seu déficit orçamentário para 2,8% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2013, ante um déficit de 9,3% registrado em 2009. Na apresentação do Plano de Estabilidade que irá submeter à Comissão Europeia, o governo disse que prevê a redução do seu déficit para 8,3% do PIB em 2010, 6,6% em 2011 e 4,7% em 2012.

O governo português estima que sua proporção dívida/PIB vai alcançar o auge de 90,1% em 2012. O Plano de Estabilização prevê redução dos custos salariais em pelo menos 100 milhões de euros por ano e arrecadação de 6 bilhões de euros com privatizações. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.