Tamanho do texto

São Paulo, 21 - O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, disse hoje que o Plano Agrícola e Pecuário 2010/2011, a ser divulgado a partir de junho, terá como foco o médio produtor. Em nota distribuída por sua assessoria, Rossi disse que o pequeno produtor conta com um sistema de apoio próprio criado pelo governo por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

São Paulo, 21 - O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, disse hoje que o Plano Agrícola e Pecuário 2010/2011, a ser divulgado a partir de junho, terá como foco o médio produtor. Em nota distribuída por sua assessoria, Rossi disse que o pequeno produtor conta com um sistema de apoio próprio criado pelo governo por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). "Já o grande produtor e a grande cooperativa têm meios próprios para viabilizar os recursos de que necessitam. Agora, vamos prestigiar o médio produtor, o esteio de aroeira da agricultura brasileira", disse o ministro em visita à 65ª Exposição Agropecuária de Goiás (ExpoGoiás), em Goiânia. <b>Milho</b> Em Goiás, Rossi enfatizou a importância dos leilões de Prêmio de Escoamento de Produto (PEP) para comercialização de milho que serão realizados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) a partir da próxima semana. Estão programados 12 leilões. O primeiro ofertará um milhão de toneladas. "Isso dará ao mercado, esperamos, um novo equilíbrio e patamares mais justos para o produtor", disse. O ministro recebeu da Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA) diploma do Mérito do Agronegócio 2010, pela realização de ações em benefício no agronegócio do estado de Goiás. As informações são do Ministério da Agricultura.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.