Tamanho do texto

São Paulo, 21 - O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, disse hoje que o Plano Agrícola e Pecuário 2010/2011, a ser divulgado a partir de junho, terá como foco o médio produtor. Em nota distribuída por sua assessoria, Rossi disse que o pequeno produtor conta com um sistema de apoio próprio criado pelo governo por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

São Paulo, 21 - O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, disse hoje que o Plano Agrícola e Pecuário 2010/2011, a ser divulgado a partir de junho, terá como foco o médio produtor. Em nota distribuída por sua assessoria, Rossi disse que o pequeno produtor conta com um sistema de apoio próprio criado pelo governo por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). "Já o grande produtor e a grande cooperativa têm meios próprios para viabilizar os recursos de que necessitam. Agora, vamos prestigiar o médio produtor, o esteio de aroeira da agricultura brasileira", disse o ministro em visita à 65ª Exposição Agropecuária de Goiás (ExpoGoiás), em Goiânia. <b>Milho</b> Em Goiás, Rossi enfatizou a importância dos leilões de Prêmio de Escoamento de Produto (PEP) para comercialização de milho que serão realizados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) a partir da próxima semana. Estão programados 12 leilões. O primeiro ofertará um milhão de toneladas. "Isso dará ao mercado, esperamos, um novo equilíbrio e patamares mais justos para o produtor", disse. O ministro recebeu da Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA) diploma do Mérito do Agronegócio 2010, pela realização de ações em benefício no agronegócio do estado de Goiás. As informações são do Ministério da Agricultura.