Tamanho do texto

O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 0,1% tanto na zona do euro como na União Europeia entre outubro e dezembro de 2009, perante os três meses anteriores, confirmou a agência de estatísticas Eurostat. Os percentuais coincidem com aqueles revelados em fevereiro para o período.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561494416&_c_=MiGComponente_C

No terceiro trimestre do ano passado, a economia da região unida pelo euro avançou 0,4% e a do bloco europeu registrou expansão de 0,3%.

Pelo levantamento divulgado nesta quinta-feira, nos três meses até dezembro de 2009, o gasto das famílias ficou estável na zona do euro e na União Europeia, depois de cair 0,2% em ambas no terceiro trimestre do mesmo calendário. Os investimentos cederam 0,8% na primeira região e diminuíram 1,3% na segunda.

O estudo mostrou ainda que, no trimestre final do ano passado, as exportações tiveram elevação de 1,7% na área do euro e de 1,9% na União Europeia e as importações subiram 0,9% e 1,4%, respectivamente.

Perante os três últimos meses de 2008, o PIB caiu 2,1% na zona do euro e recuou 2,3% no bloco europeu. As contrações foram menos marcadas do que as verificadas no terceiro trimestre do ano passado, em relação a igual período do calendário antecedente, de 4,1% e 4,3%, nesta ordem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.