Tamanho do texto

A economia da Índia pode crescer 8% no ano fiscal 2010/2011, ante cerca de 7,5% no atual ano, que se encerra em março, previu o ministro das Finanças, Pranab Mukherjee. Segundo ele, as medidas para controlar a inflação levarão algum tempo para ter efeito.

A terceira maior economia da Ásia tem mostrado sinais de forte retomada, incluindo o salto de 16,8% na produção industrial em dezembro, na comparação anual, a maior taxa da história. "Os dados da indústria sugerem que podemos encerrar 2009/2010 com avanço do PIB de 7,5% e talvez sejamos capaz de alcançar 8% no próximo ano fiscal." As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.