Tamanho do texto

A Polícia Federal prendeu na manhã de hoje seis pessoas, durante a Operação Excalibur, realizada com o objetivo de desarticular uma quadrilha formada por empresários, advogados, contadores e laranjas, voltada para a prática dos crimes de sonegação fiscal. Foram cumpridos também 15 mandados de busca e apreensão nos municípios mineiros de Belo Horizonte, Contagem, Governador Valadares, Nanuque, além de Teixeira de Freitas, na Bahia.

Já foram apreendidos vários veículos e uma quantidade em dinheiro ainda não informada.

Segundo a PF, as investigações tiveram início após o recebimento de um relatório elaborado pela Procuradoria da Fazenda Nacional, em Governador Valadares (MG), dando conta de que uma importante rede supermercadista do Estado de Minas Gerais estaria se utilizando de recursos ilegais para sonegar impostos, causando prejuízo aos cofres públicos de aproximadamente R$ 86 milhões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.