Tamanho do texto

Os contratos futuros do petróleo sobem, sustentados por informações de que um fundamental oleoduto no abastecimento de petróleo para a Europa poderá ficar fechado por cinco semanas. O oleoduto Baku (Azerbaijão) - Tbilisi (Geórgia) - Ceyhan (Turquia) foi danificado em uma explosão ocorrida ontem durante ataque de grupos rebeldes.

A British Petroleum declarou força maior para suas entregas, liberando-as de acusações de quebra de contrato, já que suas operações estão sendo prejudicadas por fatores fora de seu controle.

O fato de um grupo rebelde ter assumido a autoria dos atentados adicionou pressão de alta ao
petróleo. Às 9h40 (de Brasília), o WTI subia 1,91% para US$ 120,84 ienes na Nymex eletrônica e
o brent avançava 1,18% para US$ 118,97 o barri na plataforma ICE.

A BP opera e detém 30,1% da rota do oleoduto, que nos meses recentes transportou em média
mais de 850 mil barris de petróleo ao dia. As informações são da Dow Jones.