Tamanho do texto

Os contratos futuros de petróleo se recuperam das perdas registradas no início do dia e são negociados em alta, tentando se manter acima de US$ 77 por barril na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês) com ajuda de uma caça às barganhas. "O mercado foi atingido por um excesso de vendas e, com a queda para quase US$ 75 por barril, o valor começou a parecer razoável", afirmou Tom Bentz, corretor e analista do BNP Paribas em Nova York.

Os contratos futuros de petróleo se recuperam das perdas registradas no início do dia e são negociados em alta, tentando se manter acima de US$ 77 por barril na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês) com ajuda de uma caça às barganhas. "O mercado foi atingido por um excesso de vendas e, com a queda para quase US$ 75 por barril, o valor começou a parecer razoável", afirmou Tom Bentz, corretor e analista do BNP Paribas em Nova York.

Às 11h50 (de Brasília), os contratos futuros de petróleo com vencimento em junho subiam 0,52% na Nymex eletrônica, para US$ 77,20 por barril. Em Londres, os contratos com vencimento em junho avançavam 0,56%, para US$ 80,57 por barril. O petróleo negociado em Nova York havia registrado fortes perdas mais cedo e era negociado abaixo de US$ 76 por barril, à medida que o euro caía diante do dólar por causa de dúvidas sobre a eficiência do pacote de resgate europeu de 750 bilhões de euros.

Operadores disseram que o mercado de petróleo vai apresentar uma direção mais definida depois da divulgação de dados sobre os estoques nos Estados Unidos. Hoje, às 17h30 (de Brasília), o American Petroleum Institute (API) divulga o seu relatório e amanhã saem os números mais aguardados, do Departamento de Energia (DOE) dos EUA. Os dados deverão mostrar mais aumentos nos estoques na semana encerrada em 7 de maio. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.