Tamanho do texto

Os preços do petróleo caíram quase três dólares nesta sexta-feira em Nova York e em Londres, puxados pela baixa em Wall Street e pelo fortalecimento da moeda americana.

No New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do West Texas Intermediate (designação do "light sweet crude" negociado nos EUA) para entrega em dezembro fechou a 77 dólares, em queda de 2,87 dólares em relação à quinta-feira.

No InterContinentalExchange de Londres, o barril do Brent do Mar do Norte com igual vencimento perdeu 2,84 dólares, a 75,20.

A queda "se explica inteiramente pela baixa na Bolsa", destacou o analista independente Ellis Eckland.

As Bolsas europeias registraram fortes perdas hoje e Wall Street seguia a mesma tendência no final do pregão, refletindo a incerteza do mercado em relação ao futuro da economia.

Nesta situação, os investidores correram para o dólar, refúgio em tempos de crise, em detrimento de ativos mais arriscados, como ações e matérias primas, destacou Eckland.

A alta da moeda americana torna menos atrativo o petróleo para os investidores munidos de outras moedas.

Assim, o WTI anulou quase completamente seu ganho da véspera, quando subiu 2,41 dólares diante das informações sobre a volta do crescimento aos Estados Unidos no terceiro trimestre. O PIB da primeira economia mundial aumentou 3,5% em ritmo anual em relação ao trimestre anterior.

"O mercado parece se entusiasmar com as realizações de lucro cada vez que os preços superam os 80 dólares", como foi o caso do pregão de quinta-feira, disse Mike Fitzpatrick, da MF Global. "Apesar dos bons números do PIB, o ceticismo perdura, diante do nível atual da demanda".

gmo/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.