Tamanho do texto

Os contratos futuros de petróleo, negociados no mercado internacional, operam em queda superior a 1% hoje, tanto em Londres quanto em Nova York, ainda em reação ao fortalecimento do dólar ante as principais moedas estrangeiras e às persistentes preocupações de que o consumo global da matéria-prima (commodity) poderá diminuir como resultado da desaceleração econômica. Por volta das 8 horas (de Brasília), o contrato futuro do petróleo tipo WTI com vencimento em setembro caía 1,43%, a US$ 113,36 por barril, na sessão eletrônica da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês).

Em Londres, na Bolsa Intercontinental (ICE), o contrato futuro do petróleo tipo Brent com vencimento em outubro recuava 1,39%, a US$ 112,10 o barril. No mesmo horário, o euro caía 0,4% a US$ 1,4716.

"O mercado parece continuar se sentindo sob pressão pelas preocupações com a demanda. A trégua da Geórgia com a Rússia parece se manter e o contínuo fortalecimento do dólar contra a libra e o euro pesa muito nesse mercado", disse James Roddy, da ODL Securities.

Segundo analistas, os investidores também acompanha um sistema climático de baixa pressão no Atlântico, onde, segundo o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla em inglês), há uma alta probabilidade de se formar um ciclone tropical. As informações são da Dow Jones.