Tamanho do texto

SÃO PAULO - Os preços do petróleo sobem nesta segunda-feira nos mercados internacionais perante as inquietações com o quadro geopolítico e com a situação da demanda global.

Existem notícias de que integrantes do Movimento para a Emancipação do Delta do Níger (MEDN) atacaram dois oleodutos na Nigéria. As informações são de que eles pertencem à Shell Petroleum Development Company.

No fim de semana, explosões de bombas mataram mais de dez pessoas e deixaram vários feridos na Turquia. Autoridades turcas acreditam que a ação tem a ver com um grupo separatista curdo, mas os possíveis suspeitos negam seu envolvimento.

Hoje, pessoas com bombas e um atirador fizeram vítimas no Iraque. Em Bagdá, três suicidas detonaram explosivos em três lugares distintos, com intervalo de meia hora cada. No domingo, sete pessoas foram alvo de atirados em uma cidade ao sul da capital iraquiana.

Minutos atrás em Londres, o Brent com entrega em setembro avançava US$ 0,75, cotado a US$ 125,27. O vencimento de outubro estava em US$ 126,22, com acréscimo de US$ 0,70.

Em Nova York, o WTI para setembro era transacionado a US$ 123,35, alta de US$ 0,09.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.