Tamanho do texto

Os trabalhadores filiados ao Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro-NF) rejeitaram hoje contra-proposta da Petrobras para a questão do dia do desembarque, mantendo a greve de cinco dias nas plataformas de produção de petróleo da Bacia de Campos. A mobilização foi iniciada à zero hora de hoje e, segundo a Petrobras, provocou a redução de 7% da produção nacional de petróleo.

Os empregados reivindicam que o dia de desembarque das plataformas seja contado como dia trabalhado e não dia de folga, como ocorre hoje. Com o resultado da assembléia desta tarde, os embarques para as plataformas permanecem suspensos. A estatal, porém, vem mantendo o nível de produção com a atuação de equipes de contingência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.