Tamanho do texto

A Petrobras informou hoje que vai realizar, no dia 16 de março, o primeiro leilão de oferta de gás natural de 2010. A empresa vai oferecer ao mercado 22 milhões de metros cúbicos por dia, em contratos de seis meses de duração.

O leilão dá continuidade à estratégia lançada ainda no ano passado, com o objetivo de desovar parte do excedente na produção nacional de gás junto ao mercado consumidor. Em 2009, foram realizados nove concorrências semelhantes, que garantiram às distribuidoras preços mais baixos do que os vigentes nos contratos de longo prazo da Petrobrás.

Em nota distribuída nesta tarde, a companhia informou ainda que inaugura este ano uma nova modalidade de venda de gás, por meio de contratos semanais de entrega do combustível. Nesse modelo, as distribuidoras poderão solicitar volumes de gás até quinta-feira para a entrega na semana seguinte - ou, no máximo, um período de quatro semanas. Os pedidos serão confirmados a cada sexta-feira. Todas as transações serão feitas de forma eletrônica. "O mercado secundário de gás natural, em desenvolvimento no Brasil por meio dos leilões e, agora, da venda semanal, é típico dos países que já atingiram a maturidade na indústria do gás natural, seja pela infraestrutura disponível, seja pelo grau de desenvolvimento do seu mercado", diz o texto distribuído pela companhia. A diretora de gás e energia da estatal, Graça Foster, concede entrevista nesta tarde para detalhar as iniciativas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.