Tamanho do texto

RIO DE JANEIRO - Apesar da crise financeira mundial que prejudicou o crédito, a Petrobras deve começar ainda neste ano a captar parte dos 10 bilhões de dólares necessários para 2010, disse nesta sexta-feira o diretor de relações com investidores da estatal, Almir Barbassa O executivo afirmou que o mercado de crédito está dando sinais de melhora e é possível conseguir já em 2009 parte dos volumes de 2010.

"Ano que vem vamos precisar de mais de US$ 10 bilhões com o barril (do petróleo) a US$ 37 ", disse Barbassa a jornalistas após a Petrobras divulgar investimentos de US$ 174,4 bilhões para o período entre 2009 e 2013.

A estatal afirmou que vai captar US$ 18,1 bilhões para viabilizar os investimentos de 2009, e segundo Barbassa US$ 16,9 bilhões já foram levantados.

Segundo ele, US$ 11,9 bilhões virão do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e US$ 5 bilhões serão captados junto a bancos nacionais e internacionais.

"Esses US$ 10 bilhões para o ano que vem (2010) não serão do BNDES. Mesmo assim não acho que será mais difícil. Esperamos que o mercado melhore este ano e mais no ano que vem", afirmou Barbassa.

O executivo admite conseguir ainda no primeiro trimestre os recursos que faltam para fechar a captação prevista para este ano.

"Tem tido muitas operações no mercado. É bem possível que seja (ainda no primeiro trimestre). Não estamos preocupados. Vamos buscar o momento certo", completou.

O diretor frisou que a companhia fará uma "pressão" sobre o mercado de fornecedores para redução de preços e, se ela for bem sucedida, "sobrarão mais recursos para a empresa".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.