Tamanho do texto

SÃO PAULO - A Eletrobras, companhia do setor elétrico, passou a adotar hoje uma nova marca, que, entre as principais mudanças, retira o acento agudo na grafia de seu nome. As mudanças buscam incorporar o posicionamento estratégico da estatal de ser uma empresa global em energia limpa e renovável, sem abrir mão do foco em resultados. Até 2020, a Eletrobras quer ser a maior empresa do mundo em geração de energia elétrica com baixa emissão de carbono.

Atualmente, a companhia ocupa a terceira colocação no ranking das empresas que mais produzem energia limpa proporcionalmente ao total gerado. Na frente da brasileira estão a canadense Hydro Quebec - que tem 100% da geração em energia limpa - e a ISA, cujo coeficiente é de 99,69%.

"O principal símbolo deste posicionamento de mercado é a nova arquitetura de marcas", afirma a companhia elétrica em comunicado ao mercado.

Como parte de uma identidade visual única, todas as subsidiárias da Eletrobras passam a integrar a nova logomarca, formando empresas como Eletrobras Furnas, Eletrobras Eletronorte e Eletrobras Chesf.

A estatal decidiu manter a identificação das subsidiárias devido à força regional das marcas de suas controladas.

(Eduardo Laguna | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.