Tamanho do texto

SÃO PAULO - Não há dúvidas de que o governo está assumindo risco, destacou o secretário do Tesouro americano, Timothy Geithner, ao apresentar detalhes do programa para ajudar os bancos a se livrar de ativos ilíquidos. Não se pode solucionar uma crise financeira sem que o governo assuma risco, completou.

Por meio do Programa de Investimento Público-Privado, recursos dos contribuintes serão usados para alimentar parcerias com investidores privados que irão comprar ativos tóxicos atrelados a hipotecas e outros empréstimos.

O objetivo é comprar ao menos US$ 500 bilhões de ativos existentes, como hipotecas subprime que estão em risco de default. O programa pode dobrar e alcançar até US$ 1 trilhão.

O governo irá conduzir leilões entre os bancos vendedores dos ativos e os investidores interessados neles na expectativa de criar um mercado para esses ativos.

Geithner não negou as incertezas inerentes no novo programa, mas o defendeu como uma abordagem pragmática. "Não há dúvida que o governo está assumindo um risco. A única questão é qual a melhor maneira de fazer isso", observou.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.