Tamanho do texto

Para junho, associação reduziu seu prognóstico de alta de 0,27% para deflação de 0,12%; para julho, de 0,29% para 0,20%

O Comitê de Acompanhamento Macroeconômico da Anbima já prevê variação negativa para o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) em junho. Em julho, porém, o indicador deve retornar ao campo positivo.

Para junho, a Anbima reduziu seu prognóstico de 0,27% para deflação de 0,12%; para julho, de 0,29% para 0,20%.

Na primeira medição de junho, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o IGP-M teve deflação de 0,09%, uma mudança de mão na comparação com a parcial do mês passado, quando houve alta de 0,70%. Essa inversão foi ajudada pelo movimento nos preços no atacado e varejo. Em 12 meses, o IGP-M aumentou 8,75%. No acumulado do ano, o indicador marcou inflação de 3,24%.

As projeções da Anbima são aplicadas ao cálculo de rentabilidade de um tipo de papel público federal, as Notas do Tesouro Nacional da série C (NTN-C) que não são mais emitidas pelo governo, mas ainda estão em circulação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.