Tamanho do texto

SÃO PAULO (Reuters) - O Grupo Pão de Açúcar, maior varejista do Brasil, confirmou nesta sexta-feira que planeja comprar uma participação de 51 por cento na rede Casas Bahia. Em comunicado, as empresas informaram que serão integrados os negócios do setor de varejo de bens duráveis e de comércio eletrônico do mesmo segmento atualmente desenvolvidos por Globex (controladora do Ponto Frio), Casas Bahia e grupo Pão de Açúcar (CBD).

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237575331412&_c_=MiGComponente_C

"Uma vez concluída a integração dos negócios de Globex e Casa Bahia, CBD terá uma participação majoritária no capital votante e total de Globex, sendo titular de 50 por cento das ações ordinárias mais uma", explicou o comunicado.

"Casas Bahia será titular de 47,8429 por cento das ações ordinárias e 2,2186 por cento das preferenciais, que serão conversíveis em ações ordinárias ou resgatáveis", conforme resultado de uma oferta pública de aquisição de ações (OPA).

A intenção das empresas é que Casas Bahia atinja participação de 49 por cento no capital votante da Globex.

A expectativa das companhias é de que a associação seja implementada no prazo de 120 dias.

Uma fonte havia dito à Reuters que, como parte do acordo, as Casas Bahia ficarão com todas propriedades imobiliárias da associação.

Na BM&FBovespa, as ações PNA do Pão de Açúcar avançavam 9,2 por cento, para 62,18 reais, às 11h52. Os papéis da Globex estão em leilão previsto para terminar às 12h.

Ações de outras companhias do setor apresentavam queda.

(Reportagem de Elzio Barreto)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.