Tamanho do texto

Assunção, 2 dez (EFE).- Organismos de promoção da cultura paraguaia denunciaram hoje um erro cometido pelo programa Fantástico, da Rede Globo, por ter anunciado uma canção folclórica do Paraguai como um clássico da música popular brasileira.

Os protestos e o pedido de esclarecimento foram feitos através de cartas enviadas pelo Ateneu da Língua e Cultura Guarani e pelo Núcleo Cultural Guarani "Paraguay Teete" à Rede Globo.

Os organismos disseram que a composição "Lejanía", do compositor paraguaio Herminio Giménez (1905-1991), foi apresentada como um "clássico da música popular brasileira" no domingo, durante o programa "Fantástico".

Detalharam que a música é registrada como uma guarânia paraguaia e tem uma versão em português, adaptada por José Fortuna, intitulada "Meu Primeiro Amor" e que foi utilizada no filme "Lula, O Filho do Brasil", que conta a vida do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Explicaram, além disso, que a canção corresponde à versão da dupla Zezé de Camargo e Luciano.

O Ateneu de Língua e Cultura Guarani mencionou em sua carta que "'Lejanía' é uma formosa guarânia conhecida internacionalmente e gravada em vários idiomas, mas sempre como obra do mestre Herminio Giménez".

O organismo exigiu que a Rede Globo emita "uma retificação correspondente, como sinal de respeito ao direito de autor de Giménez" e "em benefício da seriedade, responsabilidade e credibilidade" do meio de comunicação. EFE rg/pd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.