Tamanho do texto

Presidente dos EUA exigiu que Congresso encerre paralisação parcial da Administração Federal de Aviação

selo

O presidente dos EUA, Barack Obama, disse que a economia está enfraquecida e que vai redobrar os esforços para revivê-la. Ele também exigiu que o Congresso encerre uma paralisação parcial na Administração Federal de Aviação do país (FAA, na sigla em inglês), afirmando que os problemas na agência só deixam os norte-americanos mais preocupados com o futuro.

A FAA teve parte de seus programas suspensos em 23 de julho porque ficou sem autorização para receber mais recursos do governo. Diante disso, a agência teve de conceder licença a cerca de 4 mil funcionários. Além disso, dezenas de milhares de trabalhadores ficaram inativos ou correm o risco de perder seus empregos, visto que a FAA não pode prosseguir com alguns de seus projetos de construção.

Obama disse que o Congresso precisa aprovar uma lei para solucionar esta situação, visto que a paralisação da FAA está custando empregos e o governo estaria perdendo aproximadamente US$ 200 milhões por semana em impostos que poderiam ser recolhidos caso não houvesse problemas. Ao ser questionado sobre se poderia intervir para resolver a questão, Obama disse ter convocado "os principais líderes" congressistas para chegarem a uma solução e acrescentou que cabe ao Congresso encerrar essa questão. As informações são da Dow Jones.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.