Tamanho do texto

Obama diz que ainda defende corte de impostos para contratações

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, continua apoiando uma extensão no corte de impostos para contratações, a despeito de não fazer parte do acordo sobre a redução do déficit do país acertado com os parlamentares norte-americanos.

O porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, disse que a administração espera que possa ser consenso entre democratas e republicanos estender o corte de impostos para contratações até o próximo ano.

(Reportagem de Jeff Mason e Alister Bull)

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.