Tamanho do texto

GENEBRA (Reuters) - Propostas revisadas sobre abertura comercial de bens industriais, que devem ser divulgadas em breve, manterão compromisso para uma redução geral de níveis de tarifas alcançado em reunião de ministros realizada em julho, informaram fontes próximas do assunto neste sábado. Mas os termos, que servem como base para uma possível reunião de ministros da Organização Mundial de Comércio ainda este mês, mostram que ainda há desentendimentos sobre propostas de eliminação ou que conduzam a uma queda de barreiras de setores industriais individuais, afirmaram as fontes.

A proposta geral vai limitar barreiras de países desenvolvidos a 8 por cento e para a maior parte das nações em desenvolvimento sujeitas a cortes de tarifas o teto será de 11 a 12 por cento em média, informaram as fontes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.