Tamanho do texto

O novo primeiro-ministro japonês, Taro Aso, fez sua estréia internacional nesta quinta-feira, na Assembléia-Geral das Nações Unidas, destacando a necessidade de se estabilizar a economia mundial, ameaçada pela crise deflagrada nos Estados Unidos, e garantiu que o Japão fará sua parte.

"Percebemos irregularidades na economia mundial", disse Aso, afirmando que o Japão cumprirá com suas responsabilidades, reforçando sua própria economia para ajudar a expandir o crescimento.

"Considerando o tamanho da economia japonesa, a segunda do mundo, sem dúvida isto é a contribuição mais efetiva em termos imediatos que o Japão pode dar", destacou Aso na Assembléia-Geral da ONU.

pp/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.