Tamanho do texto

A nova Alitalia começou a operar ontem em meio a protestos de trabalhadores em Roma e Milão, que provocaram atrasos e cancelamentos de voos na empresa privatizada. O presidente Roberto Colaninno classificou as manifestações como os últimos protestos que formam uma pequena parte dos problemas que enfrentamos com os sindicatos.

O primeiro voo internacional, de Milão a São Paulo, transcorreu sem incidentes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.