Tamanho do texto

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) registrou hoje o quarto pregão consecutivo de queda, período em que acumulou desvalorização de 6,72%, ou de 4.382 pontos.

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) registrou hoje o quarto pregão consecutivo de queda, período em que acumulou desvalorização de 6,72%, ou de 4.382 pontos. Dados preliminares apontam que, com mínima de 60.809 pontos e máxima de 63.529 pontos, o Ibovespa recuou 3,22%, para 60.841 pontos. Esta é a menor pontuação desde o dia 28 de outubro de 2009 (60.162). O giro financeiro ficou em R$ 6,820 bilhões. Entre os ativos de maior peso sobre o Ibovespa, Petrobras PN apresentou desvalorização de 2,11%, a R$ 29,22; Vale PNA recuou 3,86%, a R$ 40,00; Itaú Unibanco PN caiu 2,53%, a R$ 34,99; BM & FBovespa ON se depreciou em 3,07%, a R$ 11,36; e Gerdau PN teve baixa de 4,04%, a R$ 23,97. Em Wall Street, o índice Dow Jones encerrou o dia com queda de 1,08%, aos 10.510,95 pontos, enquanto o Nasdaq teve desvalorização de 1,57%, para 2.317,26 pontos, e o S & P 500 se depreciou em 1,42%, aos 1.120,78 pontos. (Beatriz Cutait | Valor)