Tamanho do texto

A Ambev foi removida hoje do Índice de Sustentabilidade Global 50 Nasdaq OMX CRD, que reflete compromissos das empresas listadas com questões de governança e socioambientais. A Ambev e mais 22 companhias foram substituídas por outras após reavaliação semestral do índice, que ocorre nos meses de novembro e maio de cada ano.

Com a alteração, a Ambev - e as outras empresas - perdeu o selo dado pela bolsa internacional que serve como um guia para investidores globais sobre empresas consideradas líderes mundiais em quesitos socioambientais e de governança, itens com peso cada vez maior nas decisões de investimentos.

A mudança já se tornou efetiva nas negociações do pregão de hoje no mercado internacional, durante o feriado no Brasil, e ocorre no mesmo dia em que a Organização das Nações Unidas (ONU) promove, na sede em Nova York, a conferência Bolsas de Valores Sustentáveis, que reúne integrantes de fundos de pensão mundiais e também representantes das principais bolsas de valores do mundo, entre elas a BM&FBovespa. O evento, fechado à imprensa, discute gerenciamento de risco, governança e transparência com o objetivo de proteger e fortalecer os resultados das corporações no longo prazo.

Na avaliação do vice-presidente executivo da Nasdaq OMX, John Jacobs, a mudança no Índice de Sustentabilidade Global 50 Nasdaq OMX CRD "garante que os investidores possam acompanhar parâmetros relevantes de empresas de alta performance, comprometidas com questões de governança e socioambientais".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.