Tamanho do texto

Nova York, 12 ago (EFE) - O banco de investimento Morgan Stanley anunciou hoje que recomprará dos clientes bônus com juros definidos por leilões (ARS, em inglês) no valor de US$ 4,5 bilhões.

O Morgan Stanley especificou em comunicado que "no máximo em 30 de setembro" recomprará esses instrumentos financeiros de todos os clientes no varejo "com contas de US$ 10 milhões ou menos que adquiriram ARS (Auction Rate Securities) através da firma antes de 13 de fevereiro de 2008".

Os clientes do banco no varejo são investidores individuais, organizações beneficentes e médias empresas, disse a instituição.

A entidade acrescentou que também oferecerá "soluções de liquidez" aos investidores institucionais com o objetivo de resolver suas preocupações sobre a questão até o fim de 2009.

A firma financeira advertiu de que os clientes institucionais que compraram ARS depois de 13 de fevereiro serão excluídos do programa de recompra.

O Morgan Stanley acrescentou que informou à Procuradoria Geral de Nova York, à Comissão de Valores Mobiliários americana (SEC, em inglês) e a outras agências reguladoras estatais desta iniciativa.

O anúncio aconteceu depois que na segunda-feira o procurador-geral de Nova York, Andrew Cuomo, anunciou que estava investigando o JPMorgan Chase, Morgan Stanley e Wachovia por uma suposta fraude contra investidores que adquiriram ARS. EFE bj/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.