Tamanho do texto

Ministros da Coreia do Sul, Canadá, Estados Unidos, Reino Unido e França, países que já ocuparam, ocupam atualmente ou serão os próximos a ocupar a presidência das cúpulas de líderes e ministros de Finanças do G-20, divulgaram um comunicado no qual elogiam o programa de austeridade fiscal anunciado pela Grécia."Nós saudamos o forte programa econômico que a Grécia está colocando em vigor com a assistência financeira dos Estados-membros da zona do euro e do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Ministros da Coreia do Sul, Canadá, Estados Unidos, Reino Unido e França, países que já ocuparam, ocupam atualmente ou serão os próximos a ocupar a presidência das cúpulas de líderes e ministros de Finanças do G-20, divulgaram um comunicado no qual elogiam o programa de austeridade fiscal anunciado pela Grécia.

"Nós saudamos o forte programa econômico que a Grécia está colocando em vigor com a assistência financeira dos Estados-membros da zona do euro e do Fundo Monetário Internacional (FMI). Esse programa merece o apoio da comunidade internacional. Além da assistência financeira que está sendo providenciada pelos integrantes da zona do euro, nós prometemos apoio ao financiamento excepcional do FMI para a Grécia a ser liberado rapidamente. A implementação decidida e consistente do programa pela Grécia, combinada com essa assistência excepcional dos Estados-membros da zona do euro e do FMI, vai ajudar a restaurar a estabilidade financeira na Grécia e promover a confiança do mercado", afirma o comunicado.

O texto é assinado por Jeung-Hyun Yoon, ministro de Estratégia e Finanças da República da Coreia; James M. Flaherty, ministro de Finanças do Canadá; Alistair M. Darling, ministro de Finanças do Reino Unido; Timothy Geithner, secretário do Tesouro dos EUA; e Christine Lagarde, ministra da Economia, Indústria e Emprego da França. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.