Tamanho do texto

SÃO PAULO - O primeiro-ministro do Japão, Taro Aso, escolheu o ministro da Economia, Kaoru Yosano, para substituir o ministro das Finanças, Shoichi Nakagawa, que renunciou após aparecer supostamente embriagado em uma reunião do G-7 no último fim de semana.

Aso aceitou o pedido de renúncia de Nakagawa e convidou Yosano para assumir a pasta que ficou vaga.

Nakagawa foi criticado depois de imagens de TV mostrarem que ele apareceu confuso, sonolento e com dificuldades de expressar-se durante uma coletiva de imprensa seguindo reunião de ministros das Finanças do G-7 em Roma.

Ele alegou que tinha tomado remédio contra gripe, que, junto com a fadiga da viagem, fizeram parecer que estava alterado.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.