Tamanho do texto

SÃO PAULO - Em sessão carregada de notícias de fusões e aquisições, os principais índices de Wall Street fecharam em queda nesta segunda-feira. Indicadores e notícias vindas do Japão também influenciaram as negociações.

O índice Dow Jones terminou a sessão com recuo de 1,39%, aos 10.010 pontos. O Nasdaq perdeu 1,56%, aos 2.120 pontos. O S & P-500 fechou com desvalorização de 1,47%, aos 1.049 pontos. A francesa Sanofi-Aventis fez uma oferta de US$ 18,5 bilhões para comprar a empresa americana de biotecnologia Genzyme. Logo depois, por meio de uma carta, o conselho de diretores da americana rejeitou a proposta e as ações da companhia avançaram 3,3%. A 3M, fabricante dos recados adesivos Post-it, por sua vez, fechou um acordo definitivo para adquirir a Cogent por US$ 10,50 o papel. A transação gira em US$ 943 milhões. O conselho de diretores da Cogent recomendou aos acionistas da empresa que aceitem a proposta. As ações da empresa fecharam em queda de 1,6%. No âmbito dos indicadores, os investidores receberam o gasto do consumidor americano, que subiu 0,4% em julho, enquanto a renda avançou 0,2% no mês período. Em junho, ambos indicadores verificaram estabilidade. Já o índice de atividade manufatureira na região do Texas, medido pelo Federal Reserve (Fed) de Dallas, ficou negativo em agosto, pelo terceiro mês seguido. Apesar disso, o indicador apresentou uma evolução em relação a julho. Também ficou no foco dos agentes a economia do Japão, depois que o banco central do país anunciou novas medidas para incentivar a economia e combater a alta do iene. Em reunião de emergência, a autoridade monetária decidiu ampliar o volume de recursos disponível às instituições financeiras a juro baixo de 20 trilhões de ienes para 30 trilhões de ienes. (Vanessa Dezem | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.