Tamanho do texto

O mercado norte-americano de ações fechou em alta pelo quarto dia consecutivo

selo

O mercado norte-americano de ações fechou em alta pelo quarto dia consecutivo. A alta foi liderada pelas ações do setor industrial e de empresas ligadas a insumos, depois de a China anunciar um superávit comercial em setembro que foi o mais baixo dos últimos cinco meses, com crescimento forte das importações de matérias-primas (commodities). Os investidores também gostaram dos informes de resultados de JPMorgan Chase e Intel, embora as duas ações tenham caído.

As do JPMorgan caíram 1,43%, apesar de seu lucro no terceiro trimestre tenha crescido 23% e superado as previsões dos analistas; a receita e os dados de crédito mostraram que os consumidores e as empresas continuam a pagar empréstimos mais rapidamente do que o banco concede novos créditos. Outras ações do setor também caíram, como Bank of America (-1,70%).

As ações de empresas de cartões de crédito, porém, tiveram altas expressivas, depois de o JPMorgan dizer que os gastos dos consumidores com cartões cresceram no terceiro trimestre (American Express +1,87%, Mastercard +3,94%, Visa +3,62%).

No setor de tecnologia, a Intel anunciou um crescimento de 59% no lucro do terceiro trimestre, que também superou as previsões, mas as ações da empresa caíram 2,63%. Outras ações do setor subiram em reação ao balanço da Intel (Cisco Systems +2,52%, Hewlett-Packard + 2,08%, Microsoft +1,42%). As da Apple subiram 0,54 e fecharam a US$ 300,14, pela primeira vez na história acima dos US$ 300.

Entre as ações industriais que reagiram aos dados da China, os destaques foram Alcoa (+1,29%), Boeing (+1,78%), DuPont (+1,27%) e Caterpillar (+1,20%).

O índice Dow Jones fechou em alta de 75,68 pontos (0,69%), em 11.096,08 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 23,31 pontos (0,96%), em 2.441,23 pontos. O S&P-500 fechou em alta de 8,33 pontos (0,71%), em 1.178,10 pontos. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.