Tamanho do texto

Bolsa de Tóquio sobe 1,5% com desvalorização do iene

selo

A maioria das Bolsas da Ásia fechou no campo positivo nesta quinta-feira. A alta em Wall Street e bons números da economia norte-americana estimularam os investidores, embora alguns mercados da região tenham reagido negativamente a fatores locais.

Na Bolsa de Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 285,69 pontos, ou 1,47%, e encerrou aos 19.752,48 pontos.

Na China, as Bolsas tiveram forte elevação, lideradas pelos ganhos no setor financeiro e em outras blue chips por conta da presença de investidores em busca de ofertas de ocasião. O índice Xangai Composto avançou 2,9% e terminou aos 2.615,26 pontos. O índice Shenzhen Composto ganhou 1,9% e encerrou aos 1.166,79 pontos.

O yuan se desvalorizou em relação ao dólar, após o Banco Central chinês elevar a taxa de paridade central dólar-yuan (de 6,3896 yuans para 6,3936 yuans). No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,3900 yuans, de 6,3885 yuans ontem - a moeda chinesa se valorizou 6,8% desde junho de 2010 em relação à unidade dos EUA.

Já a Bolsa de Taipé, em Taiwan, perdeu 1,23% por conta das perdas em ações de empresas fornecedoras da Apple, após o anúncio da aposentadoria de Steve Jobs, presidente da gigante americana. O índice Taiwan Weighted fechou aos 7.490,18 pontos.

Na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul fechou em alta, com a as principais ações se recuperando após as recentes perdas. O índice Kospi avançou 0,56% e encerrou aos 1.764,58 pontos.

A Bolsa de Sydney, na Austrália, também encerrou o dia em alta, influenciada pelos ganhos nos mercados estrangeiros. Além disso, os balanços domésticos, em geral melhores do que o esperado, acabaram dando confiança aos investidores. O índice S&P/ASX 200 avançou 1,08% e terminou aos 4.212,80 pontos.

Nas Filipinas, a Bolsa de Manila fechou em baixa. O índice PSE retrocedeu 0,54% e terminou aos 4.342,69 pontos.

A Bolsa de Cingapura terminou em alta em linha com as demais da Ásia, uma vez que dados de bens duráveis nos EUA melhores que o esperado fizeram Wall Street terminar positivo. O índice Straits Times subiu 1,7% e fechou aos 2.765,74 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, recuou 0,1% e fechou aos 3.844,37 pontos, apesar da cautela dos investidores quanto ao estado atual da economia global.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, perdeu 2,1% e fechou aos 1.025,00 pontos, com destaque para pesos pesados de bancos e de energia.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, cedeu 0,3% e fechou aos 1.464,74 pontos, com declínios de bancos devido a preocupações com suas projeções de crescimento em meio a temores sobre a saúde da economia global. As informações são da Dow Jones .

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.