Tamanho do texto

A Comissão Europeia está nos primeiros estágios de conversas com países da zona do euro (que reúne os 16 países que adotam o euro como moeda) para estabelecer um Fundo Monetário Europeu ou um mecanismo similar. O objetivo é aperfeiçoar a cooperação econômica e a fiscalização na Europa, segundo Amadeu Tardio, porta-voz da Comissão.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561564118&_c_=MiGComponente_C

De acordo com Tardio, o instrumento não terá como meta resolver a crise da Grécia, mas fornecerá meios para solucionar alguma crise futura. A Comissão Europeia pretende elaborar propostas concretas nos próximos meses, disse o porta-voz.

A ideia de um Fundo Monetário Europeu foi lançada no fim de semana pelo ministro de Finanças da Alemanha, Wolfgang Schaeuble. Hoje, o porta-voz do ministro, Michael Offer, afirmou que a proposta não é uma medida de curto prazo, mas deve ser vista como um tópico para discussões gerais.

"Nós não devemos excluir qualquer sugestão antecipadamente, até mesmo a criação de um Fundo Monetário Europeu", disse ontem Schaeuble ao jornal Welt am Sonntag. "Nós não estamos planejando uma instituição para concorrer com o Fundo Monetário Internacional (FMI), mas precisamos de uma para a estabilidade interna da zona do euro", acrescentou. As informações são da " Dow Jones ".

Leia mais sobre: fundo monetário

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.