Tamanho do texto

Mesmo com a retirada, acumulado do ano é positivo em US$ 41,63 bilhões, mais de 10 vezes o resultado do mesmo período de 2010

O fluxo cambial em junho até o último dia 17 é negativo em US$ 759 milhões, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira pelo Banco Central (BC).

O fluxo financeiro no período é negativo em US$ 2,261 bilhões, resultado de entradas de US$ 21,120 bilhões e saídas de US$ 23,381 bilhões. No comercial, o fluxo no mês é positivo em US$ 1,502 bilhão, resultado de exportações de US$ 11,343 bilhões e importações de US$ 9,842 bilhões.

Como base de comparação, no mesmo período do ano passado, o fluxo cambial era negativo em US$ 3,548 bilhões.

Somente na semana passada, o fluxo cambial teve desempenho positivo, com superávit de US$ 2,177 bilhões. O fluxo financeiro no período de 13 a 17 de junho ficou positivo em US$ 1,229 bilhão - entradas de US$ 9,235 bilhões e saídas de US$ 8,005 bilhões - e o comercial, superavitário em US$ 947 milhões - resultado de exportações de US$ 4,899 bilhões e importações de US$ 3,952 bilhões.

De acordo com os dados do BC, o fluxo acumulado no ano é superavitário em US$ 41,63 bilhões, mais de dez vezes acima do registrado de janeiro a junho de 2010, de US$ 4,094 bilhões.

Reservas internacionais

Além dos dados do fluxo cambial, o Banco Central também divulgou os números referentes à reserva cambial, que somava US$ 335,534 bilhões até 17 de junho. No mês, a autoridade monetária já realizou compras de US$ 2,007 bilhões no mercado de dólar pronto.

*Com AE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.