Tamanho do texto

Instituição disse que a ação da SEC é "inapropriada" e que viola o entendimento de que o banco tinha em relação aos pedidos

Reguladores do mercado de capitais norte-americano acusaram o Wells Fargo nesta sexta-feira de deixar de fornecer documentos relacionados à uma investigação sobre a venda de US$ 60 bilhões pelo banco em títulos lastreados em hipotecas durante a crise financeira.

Um arquivo da Securities and Exchange Commission (SEC) na corte federal da Califórnia força o banco a disponibilizar os documentos. A SEC disse ter emitido diversas intimações à instituição financeira desde setembro de 2011.

O Wells Fargo disse que a ação da SEC é "inapropriada" e que viola o entendimento de que o banco tinha em relação aos pedidos de documentos pelo órgão regulador. No demonstrativo anual do resultado do banco em fevereiro, o Wells Fargo informou que tinha recebido demandas da SEC relacionadas à oferta de títulos lastreados em hipotecas.

A SEC disse nesta sexta-feira que está buscando entender se o Wells Fargo omitiu informações relevantes nas ofertas de investimentos feitas entre setembro de 2006 e começo de 2008.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.